Dicas para seus móveis durarem mais

COMO OS MOVEIS DURAM MAIS

Dicas para seus móveis durarem mais

|21/07/2018

Você gostaria de saber quais são os segredos para que seus móveis durem mais? Se a resposta for SIM, venha conosco. Sabemos o quanto os móveis da sua casa são importantes para você, é um investimento que necessita de alguns pequenos cuidados no dia a dia de uma família.

1º Dica: Escolha móveis planejados de boa qualidade, não considere apenas o fator preço. O barato muitas vezes sai caro, você está cansada de saber disso, não é mesmo?

2º Dica: Limpe adequadamente seus móveis de acordo com o tipo. Veja abaixo as recomendações:

Móveis revestidos de laminado melamínico:

Ø Dia a dia: passe um pano com uma mistura de água e sabão neutro, ou uma solução multiuso. Se quiser brilho, use lustra-móveis à base de silicone incolor. Nos puxadores, passe um pano úmido e outro seco, enquanto um pincel de cerdas suaves retira a poeira das dobradiças.

Ø Manchas: álcool e após um pano umedecido.

Ø Evite: limpadores instantâneos, saponáceos, composições à base de amônia, lustra-móveis coloridos e materiais abrasivos.

Móveis de acrílico e laqueados:

Ø Dia a dia: passe apenas pano seco e lustra-móveis. Para a limpeza mais profunda, use sabão neutro e água. Em peças laqueadas, é recomendável reaplicar a seladora uma vez ao ano, pois o acabamento é suscetível a ranhuras.

Ø Manchas: se surgirem riscos, pode-se passar uma lixa bem fina (nº 150) e, depois, polir com cera automotiva. Mas cuidado com o número da lixa para não arranhar ainda mais o móvel.

Ø Evite: produtos à base de álcool e solventes

Móveis de madeira:

Ø Dia a dia: passe apenas uma flanela seca ou um pano úmido, seguido de outro seco. Móveis de áreas externas demandam reaplicação semestral de seladora ou verniz. São indicadas fórmulas de limpeza específicas para madeira, diluídas em água, que vão hidratar e proteger a superfície.

Ø Manchas: Removedor à base de água elimina cera, tinta e gordura, sem estragar o acabamento. Se houver marcas profundas (como a de uma panela quente), avalie se é o caso de retirar o verniz e reaplicá-lo. No caso de óleo, que tem maior penetração, dependendo da porosidade da matéria-prima, é praticamente impossível a remoção, ainda que se renove a película do acabamento. Para janelas desbotadas, só mesmo lixação e novo verniz.

Ø Evite: álcool, cera, tíner, água sanitária e abrasivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *